terça-feira, 11 de dezembro de 2012

É fácil

Almocei com a M., fui buscá-la à escola e viemos para casa almoçar. Foi maravilhoso, ver aquela carinha feliz e de olhos cheios de amor. É o máximo que posso desejar.
Não houve birras, chatices, nada. Tivemos um almoço calmo e um regresso à escola muito bem disposto. Foi cedo porque ainda queria ir brincar com as amigas ( e gabar-se que tinha almoçado com a mãe). Eu fiquei a vê-la a saltitar, a saltar à corda. E agradeci a Deus por me ter dado a oportunidade de gerar aquela vida tão doce, agradeci por me deixar vê-la todos os dias. Enchi o coração de amor, orgulho, ternura, tudo e tudo. Carreguei baterias! 
Amanhã tenho encontro com o J.!

Sem comentários:

Publicar um comentário